​​​​​​​#CONVITE: Defesa de tese sobre 200 anos de imigração no Brasil por meio da imprensa

Geral, Notícias

​​​​​​O trabalho analisa a imprensa no período de 1808 a 2015 a partir da consulta de 11 mil edições de periódicos jornalísticos impressos presentes no país ou em português e sobre o Brasil em que o tema da imigração foi citado direta ou indiretamente. Foram selecionadas cerca de 200 matérias jornalísticas, que compõe a tese.

A defesa, aberta ao público, será no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura, da Escola de Comunicação da UFRJ, no campus da Praia Vermelha, no Rio (acesse aqui o endereço em http://bit.ly/1QR09Aj). A banca está prevista para começar às 13h30 da segunda-feira (4/5).

A entrada e estabelecimento de imigrantes no Brasil desde 1808, data da abertura dos portos ao comércio com as nações amigas, foi um dos grandes acontecimentos da História do país. Segundo o IBGE, somente entre 1901 e 2000 a população brasileira saltou de 17,4 milhões para 169,6 milhões de pessoas, com 10% desse crescimento se devendo aos imigrantes. Esse intenso fluxo migratório foi acompanhado de um ainda maior fluxo de informações sobre estes novos residentes.

Durante todo o período analisado neste trabalho – de 1808 a 2015 –, a imprensa se ocupou do assunto a partir de referências conceituais como assimilação, nacionalismo, embranquecimento, eugenia, racismo, xenofobia, tolerância e hospitalidade.

A partir da consulta de 11 mil edições de periódicos jornalísticos impressos presentes no país ou em português e sobre o Brasil em que o tema da imigração foi citado direta ou indiretamente, selecionamos aproximadamente 200 matérias jornalísticas que compõe este trabalho.

O objetivo, tomando como base referencial os estudos migratórios, é abordar as seguintes questões: o que significa ser imigrante ou estrangeiro para a imprensa brasileira ao longo da nossa História? Qual foi o papel atribuído a estes indivíduos e grupos, no Brasil, pelos meios de comunicação impressos?

Um site especial – http://midiacidada.org/ – contém parte do conteúdo analisado e dará continuidade ao projeto. No site já constam mais de 100 matérias, com fotocópias das matérias originais e comentários do autor da tese. Após a defesa, todo o conteúdo será disponibilizado, aos poucos, neste mesmo endereço.

[No recorte, em http://on.fb.me/1OMm1hy, trecho de editorial do jornal ‘Folha da Manhã’ de 25 de fevereiro de 1926

Comentários

Deixe uma resposta