Exposição do Museu da Maré é inaugurada

Geral, Notícias
Museu da Maré
Museu da Maré

Por Gizele Martins e Thais Cavalcante

A vida mareense pode ser contada também por um lindo espaço que há 7 anos faz a alegria dos moradores do Conjunto de Favelas da Maré. Mais de 100 moradores e amigos participaram da mais nova exposição “Os Tempos da Maré”, no Museu da Maré. Na abertura, foi lembrado o início de luta e resistência dos primeiros moradores que fizeram esta favela surgir.

Antônio Carlos, um dos diretores do Museu e do Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (Ceasm), lembrou os tempos do Museu, “Este é um dos tempos que ilustra bem o início dessa grande construção que hoje de chama Maré. O Museu já recebeu mais de 40 mil visitas nestes 7 anos. Nele, pode-se perceber a importância que tem para cada morador que habita este espaço. Afinal, todo ele é feito com a participação dos próprios moradores”, disse.

A abertura da exposição contou com um culto ecumênico pedindo bênçãos para todos os presentes, para a Maré e para o próprio Museu. Logo depois, crianças e jovens apresentaram uma peça lembrando a migração nordestina.

Museu da Maré
Museu da Maré

A exposição do Museu da Maré, assim chamado de forma provocativa em contraposição à ideia dos museus monumentais, adota o tempo cíclico e temático como referência: a água, a feira, a casa, o medo, a fé são algumas das formas de contagem desse tempo no qual o passado, o presente e o futuro se encontram. Ao todo são doze tempos, ressignificando o tempo cronológico que tem nesse número uma especial referência, pois são doze as horas do relógio e os meses do ano.

Museu da Maré
Museu da Maré

O eixo central do museu é a casa, razão de ser da luta que fez surgir a Maré. Os objetos, ainda poucos, se pretendem integrar na medida em que os próprios moradores forem definindo o que é importante para ser exposto. O forte da exposição é o farto material fotográfico e a alma, que de forma inexplicável, se sente presente nesse museu.

Confira outras fotos da nova exposição do Museu da Maré no nosso facebook: http://migre.me/gR2xr

Comentários

Deixe uma resposta