Seminário Congresso Nacional Afro-Brasileiro

Geral

No dia 12 de julho próximo sábado, haverá no Centro Cultural Cartola na Mangueira, o seminário preparatório e informativo para o Congresso Nacional Afro-Brasileiro. Será uma excelente oportunidade para compreender a luta do movimento negro e trocar experiências a respeito do descaso sofrido pela população negra, pobre e favelada.

No encontro temas importantes serão abordados que são:Cultura Afro-Brasileira, Lei 10.639, Ações afirmativas e Políticas públicas e a Mulher. Que inclui: O negro e o mercado de trabalho, 10 anos do sistema de cotas, a mulher negra, políticas e ações afirmativas, papel do negro na construção da identidade nacional, votação para aprovação das propostas do Rio de Janeiro e delegação para representar a cidade no Congresso nos dias 25 e 26/07/14 em São Paulo.

O que é o CNAB?

Uma entidade sem fins lucrativos. Que prima pelo resgate e fortalecimento da cultura afro no Brasil. Atualmente mantém uma estrutura fixa em São Paulo –SP, onde surgiu o primeiro congresso abrangendo movimentos negros de todo país em 2005. São Paulo sediará a IV edição do evento neste ano de 2014 nos dias 25 e 26/07/14.

No Rio de Janeiro, futuramente pretende se firmar como entidade. Para que assim possa contribuir na construção de uma sociedade livre de pré- conceitos, na defesa dos direitos humanos, conscientizar o negro para a importância de se unir à luta em seu favor, na preservação das religiões de matizes africanas e manter uma relação de confiança com a sociedade para questões de denuncias contra abusos sofridos por negros principalmente moradores de favelas. Segue o trecho final da tese do CNAB que caracteriza o desejo de um Brasil realmente independente.

“No último Congresso, afirmamos que “o que nos cabe agora é realizar o sonho de Zumbi dos Palmares e Luiz Gama. O que nos cabe, portanto, é o Brasil”. Exatamente – e a forma de assumir o Brasil como obra nossa é defendê-la dos seus inimigos e desenvolvê-la. De Pirajá a Monte Castelo e Montese; da Independência à República; da Revolta da Chibata à Revolução de 30; da luta pelo petróleo nacional às batalhas dos últimos anos contra a alienação de tudo o que é brasileiro, estivemos sempre na primeira fila dos combatentes pela liberdade. Cabe a nós, agora, unir, outra vez, a todos os brasileiros para a vitória na luta pela Independência e pelo desenvolvimento nacional. É impossível construir uma nação justa – sem racismo, sem discriminação – para com todos nós, seus filhos, sem conquistar um país independente e desenvolvido. Portanto, vamos continuar e aprofundar a nossa obra: o Brasil. Honremos a memória de Zumbi, Luiz Gama e Eduardo de Oliveira!”

 programação CNAB Face(1)
Assessoria de Imprensa: Tati Alvarenga

falecomtatialvarenga@gmail.com

Local que será realizado seminário:

Centro Cultural Cartola das 09:00 as 18:00h

Rua Visconde de Niterói, 1296 Mangueira

Tel.:(21) 32345777
Rio de Janeiro – RJ
email: cartola@cartola.org.br

 

Comentários

Deixe uma resposta