Seminário Direito à comunicação e justiça racial

Geral, Notícias
Divulgação
Divulgação

Thaís Cavalcante

O Seminário “Direito à Comunicação e Justiça Racial” acontece dia 28, às 14h no CAM (Centro de Artes da Maré), Nova Holanda. Realizado pelo Observatório de Favelas, uma organização social de pesquisa, consultoria e ação pública dedicada à produção do conhecimento e de ideias políticas sobre as favelas.

Durante os diálogos sobre comunicação e racismo, será lançada uma publicação, a partir da pesquisa de 118 veículos de comunicação popular, alternativa e comunitária, além de organizações do Rio de Janeiro. A maioria das mídias estudadas (jornal impresso, web-rádio, web-tv e mídia online) não é financiada, isso mostra que há formas alternativas de sobreviver, manter sua convicção e autossustentabilidade.

O interesse em abordar a questão racial juntamente com o direito à comunicação é para buscar meios de superar o racismo e a desigualdade social, com tanta profundidade na história e na cultura da população brasileira. O foco da pesquisa foi na Região Metropolitana do Rio, pois a maioria dos negros e negras vivem em favelas e periferias dali. Os veículos de comunicação também apresentam diversas questões sobre o preconceito e moradores de territórios populares. Esses territórios tem potência de regulação e base para servir de mudança no fortalecimento de ações contra a desigualdade.

 Segundo Eduardo Alves, Diretor do Observatório de Favelas, depois da divulgação da pesquisa o próximo passo é inventar e atuar. “Precisamos continuar inventando projetos que possam fazer diferença na vida dos negros e que possam colocar a comunicação do século XXI como instrumento de elevação do protagonismo da cidadania. Negros, pobres, moradores de setores populares, são o ponto de apoio para transformações profundas no Brasil. Superar as diversas desigualdades, entre as quais o racismo tem um peso fundamental, é um grande desafio.”

Endereço: Centro de Artes da Maré – Rua Bittencourt Sampaio, 181 – Maré

Comentários

Deixe uma resposta