Trupe teatral idealiza apresentação cultural sobre moradores do Morro da Providência

Eventos

Ser ator de sua própria história e discurso. Esse é um dos grandes obstáculos das pessoas que vivem nas comunidades espalhadas por todo Brasil, pois geralmente são retratadas pelo olhar do outro, de fora do seu meio. E entendendo que a cultura é o melhor caminho para iniciar um diálogo, a Colombina Produções idealizou o Bando Teatro Favela que está em cartaz este mês com a peça “Entre Becos e Vielas”, na qual o personagem é seu povo e o cenário é a própria favela: o Morro da Providência, o primeiro do Rio de Janeiro. As apresentações serão aos sábados, entre os dias 11 de junho e 30 de julho, a partir das 16h30min, no Largo do Cruzeiro.

“Quando criamos o Bando Teatro Favela queríamos fortalecer o movimento cultural aqui no Morro da Providência, com uma trupe teatral para chamar de nossa e que fosse feita por nós e para nós, debatendo nossas questões. Isso porque entendemos que não há ninguém melhor do que nós mesmos para falar e definir o ótica do discurso sobre nossa realidade”, explicou Mônica Saturnino, que junto da também atriz Cintia Sant’Anna e da produtora Sarah Alonso, fundou o Colombina Realizações.

O Bando Teatro Favela (https://www.facebook.com/bandoteatrofavela/) tem como diferencial ser formado por atores do Morro da Providência e por isso, com “Entre Becos e Vielas” vem homenagear suas raízes, contando as histórias dos moradores e mostrar que na comunidade há muito mais que violência.

“Toda a concepção deste espetáculo merece destaque por seu esforço e luta na escolha de seu local de apresentação, no alto da Praça do Cruzeiro, bem lá em cima do Morro; na criação de seus personagens, afetivamente inspirados em seus moradores e, claro, na escolha de seu público alvo. Moradores deste lugar de difícil acesso que terão, muitos pela primeira vez, contato com o teatro”, explica Cintia Sant’Anna.

Sobre o Bando Teatro Favela
As moradoras e agitadoras da cena cultural do Morro da Providência, as atrizes Cintia Sant’Anna e Mônica Saturnino e a produtora Sarah Alonso uniram suas forças e lançaram em 2015 a Colombina Realizações (http://www.colombinarealizacoes.com.br) que é a realizadora do projeto. O grupo teatral tem como objetivo fortalecer o movimento cultural da comunidade, a fim de levar conscientizar a comunidade, via atividades culturais, sobre seu espaço na sociedade para que assim, seus moradores se apropriem das propostas e atraiam os olhares do entorno para dentro da favela, expondo o potencial artístico da população local.

Serviço

Evento: https://www.facebook.com/events/147883782291856/
Local: Largo do Cruzeiro, no Morro da Providência, na zona portuária do Rio de Janeiro.
Data: Todos os sábados, entre 11/06 e 30/07
Horário: A partir de 16h30min
Valor: Gratuito

Comentários

Deixe uma resposta