Oficinas de Percussão e Samba: uma mistura que deu certo

Geral, Notícias

Por Thaís Cavalcante

Acompanhe a trajetória de Wagner Silveira, um músico que participa do grupo “Samba de Lei”. Conhecido pela diversidade e ecletismo das músicas tocadas e por atrair centenas de pessoas, o Samba de Lei tem o trabalho de ajudar a preservar o ritmo que encanta a todos. A roda de samba começa às 19h de todas as sextas e, segue pela noite adentro na Pedra do Sal – Zona Portuária, no Rio De Janeiro. Além disso, ele realiza há 2 anos uma Oficina de Percussão para Samba de Raiz, também na Pedra do Sal, todas as terças.

 

Foto por: Wagner Silveira
Foto por: Wagner Silveira

A partir desta oficina, as ideias foram crescendo e Wagner montou um grupo feminino chamado “Moça Prosa”, grupo composto por 11 mulheres da região. Durante 7 meses, elas aprenderam todas as batidas básicas e atualmente se apresentam em eventos, como a homenagem à Clara Nunes na Portela em 2012. ASSISTA CLICANDO AQUI

Em poucos meses, Wagner foi convidado pela Associação de Mulheres de Ação e Reação do Vidigal para realizar uma Oficina dentro da favela. O objetivo é introduzir mais a Cultura do Samba e ajudar no combate contra a violência a mulher. Este motivo é um dos fatores principais no qual a Associação do Vidigal trabalha. Saiba mais em: https://www.facebook.com/AMARASSOCIACAO

Foto por: Associação de Mulheres de Ação e Reação
Foto por: Associação de Mulheres de Ação e Reação

Agora, Wagner está em busca de espaços, apoio e parcerias para levar e apresentar o Projeto para outros lugares, onde o Samba possa ser lembrado, celebrado e ensinado . Quem estiver interessado em participar, a Oficina de Percussão está aberta para todos.
Para realização de eventos ou oficinas, podem contatar os alunos e o Wagner. 

Para conhecer mais o Samba de Lei e apoiar, acesse:

https://www.facebook.com/sambadeleioficial

https://www.facebook.com/sambadeleiperfil1

https://www.facebook.com/pages/Roda-de-Samba-Pedra-do-Sal/336352919743450

https://twitter.com/GrupoSambadeLei

Comentários

Deixe uma resposta