Para não esquecer!

Notícias

Já se passaram cinco anos sem o menino Matheus que foi assassinado na porta de casa por um tiro de fuzil

Gizele Martins

No dia em que se comemorou os 14 anos do Jornal O Cidadão. Foi realizado ainda uma homenagem ao menino Matheus Rodrigues, que na época tinha 7 anos, que foi assassinado na porta de casa, na favela Baixa do Sapateiro, por um tiro dado pela Polícia Militar.

Fotos, matérias, cartazes e um bate papo foi feito com e pelos moradores e familiares para lembrar a triste data. Logo depois, os moradores percorreram algumas ruas do Conjunto de Favelas da Maré com palavras, frases e músicas, em protesto.

À noite, algumas bandas da Maré junto a outros músicos e outras favelas estiveram na comemoração dos 14 anos do Jornal. Mas em cada música, era sempre lembrado a atual situação das favelas cariocas. Já que são os lugares que mais sofreram e ainda sofrem com a atuação repressora do Estado.

A ideia de juntar a manifestação com a “comemoração” do jornal é para lembrar o dever e o compromisso que um jornal comunitário deve ter dentro do seu espaço de atuação. E O Cidadão foi um dos veículos que denunciou este triste momento da vida dos mareenses.

É importante lembrar e comemorar a luta que construímos dia a dia dentro do nosso espaço que sempre será de pura resistência!

Comentários

Deixe uma resposta